PATADAS E CABEÇADAS: O QUE O BITCOIN TEM A VER COM URSOS E TOUROS?

Bitcointoyou | 19/05/2018 | 0

Os termos “bearish” e “bullish” vêm dos mercados financeiros de países que têm como língua nativa o inglês. Eles são derivados das palavras “urso” e “touro”, respectivamente, e são usados para representar as altas e as baixas de um determinado mercado ou ativo, assim como ocorre com os bitcoins.
Uma das teorias que tenta explicar essa denominação é a de que antigamente, na Califórnia, imigrantes espanhóis organizavam brigas entre ursos selvagens e touros. Eles capturavam os ursos, prendiam em espaços pequenos e os colocavam para brigar com touros.
O público se reunia aos domingos para ver as brigas e apostar no vencedor. Acredita-se que o mercado financeiro tenha incorporado essas expressões com base na maneira que os animais brigavam. Os touros atacavam dando chifradas para cima e os ursos davam patadas fortes para baixo.
Como os organizadores “preparavam” os ursos para as brigas, eles acabavam ganhando mais vezes. Portanto, toda vez que o valor de um ativo sofre uma queda acentuada, os operadores dizem que ele levou uma “patada” de um urso (“bearish”). E quando ele está em viés de alta, geralmente mais lenta, comparam o movimento com uma cabeçada de um touro, ou “bullish”).
Gostou da explicação?  Pode apontar aqui nos comentários outros termos e conceitos em torno do bitcoin que a gente explica para você. Acesse bitcointoyou.com.br

#bitcointoyou #b2u #bitcoin #criptomoeda #moedavirtual